Alessandra Ambrósio faz Pilates antes do desfile da Victoria’s Secret

Foto: Internet

O desfile da Victoria’s Secret é o tipo de evento que dá frio na barriga das modelos, ainda que grande parte delas não tenha nenhuma proêminencia nessa parte do corpo e, portanto, nada para se preocupar. O evento ocorreu no dia 09.11 e, entre as modelos estava a brasileira Alessandra Ambrósio.

Antes da data do desfile, sabe onde a top poderia ser encontrada grande parte do tempo? Na academia SLT (Strength, Lengthen, Tone).

É que Alessandra, como todas as outras angels, encaram um treino especial antes da passarela da marca de lingeries, afinal, além de desfilarem com pouca roupa, as fotos daquele dia rodam o mundo. O da brasileira inclui um mix de exercícios para o fortalecimento muscular com Pilates feitas em um aparelho específico batizado de Megaformer (originalmente criado para o programa de Sebastien Lagree, guru do fitness). Além das aulas de 50 minutos, Alessandra, que é superativa, ainda aproveita para ficar em forma com suas atividades usuais: surfe, patinação e até subindo e descendo escadas!

 

Aqui, a top em um dos treinos da SLT (Strength, Lengthen, Tone) na Califórnia/ Foto: Internet

As aulas da academia, que custam US$ 40 cada (cerca de R$ 69) e são descritas como body-transforming no site, têm ganhado cada vez mais adeptos, prova é a recente abertura de uma unidade em Nova York. Seria graças a Alessandra? Ao olhar para a foto acima é possível afirmar que melhor garota propaganda (ainda que não oficial), impossível.

 

Fonte: Vogue Brasil

 

Compartilhe essa página com seus amigos nos links abaixo:

CADASTRE-SE

PUBLICIDADE

Alternative text

2 thoughts on “Alessandra Ambrósio faz Pilates antes do desfile da Victoria’s Secret”

  1. Um comentário um pouco fora do assunto ‘pilates’, mas relativo ao site. Creditar fotos é bacana, mas vale lembrar que toda imagem detém direitos autorais e não é porque se dá creditos que se pode reutilizar aqui.

    Se releva um pouco para sites sem fins lucrativos (ou para fins educacionais), mas onde há uma série de patrocínios e anúncios, esse cuidado editorial deveria ser melhor revisto.

    Outra coisa: não existe crédito para “Internet”. Algum profissional realizou aquela imagem (foto, ilustração etc.). A equipe deve procurar saber quem é autor e creditar corretamente (na verdade, o correto é solicitar autorização antes!) ou não creditar nada. Creditar “Foto: Internet” é bem estranho!

    Ficam aí as dicas!

  2. Alexandre Mello, a internet é um “chão sem dono”. Nada está regularizado ainda neste campo, é tudo muito abrangente. Como se trata de uma associação positiva (não está denegrindo ninguém), pode-se dizer que a utilização é válida, ok?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>