Pilates para tenistas

Foto: Internet

O Tênis é uma atividade que exige física e mentalmente dos atletas, requerendo agilidade, coordenação, energia, resistência, força e equilíbrio. Em cada jogo o praticante realiza torções controladas do tronco, para que as pancadas sejam o mais precisas possível. Por ser uma atividade unilateral, é altamente suscetível ao desenvolvimento de grandes desequilíbrios músculo-esquelético, que na grande maioria dos casos resultam em padrões de movimento pouco eficientes dando origem às lesões características do Tênis.

 

Atualmente muitos jogadores de tênis procuram o Método Pilates para desenvolver um melhor desempenho no seu jogo e prevenir lesões.

 

Praticar Pilates é ter acesso a uma atividade de qualidade em excelência, onde as leis são a precisão, o controle e a fluidez do movimento. No Pilates não existe espaço para movimentos desnecessários e prejudiciais. O método ainda desenvolve uma respiração eficiente e adequada, onde é utilizado todo o potencial do diafragma, músculos abdominais e paravertebrais lombares, criando um centro de força no corpo, que possibilita adquirir estabilidade, aumento de precisão e potência dos movimentos em membros superiores e inferiores, o que completa os princípios do método.

 

O tênis é um esporte assimétrico para o corpo, e esta é uma das causas mais frequentes de desequilíbrio da musculatura, que acaba por resultar em lesões agudas e crônicas, tornando algumas vezes quase impossível o sucesso e o prazer na prática do tênis. O Pilates pode ser o parceiro ideal no treino do tenista, pois trabalha todo o corpo de uma forma simétrica e equilibrada, desenvolvendo os músculos que desenvolvem potência nos golpes, mas também trabalha os músculos responsáveis pela estabilidade, controle e a desaceleração do movimento.

 

Benefícios do programa de condicionamento Pilates para o Tênis:

 

- Aumenta a força do centro aumentando a força da rebatida;

- Melhora o equilíbrio e controle de reação rápida para mudança de direção;

- Fortalece os ombros e os braços para melhorar a velocidade da rebatida;

- Aumenta a velocidade da extremidade da raquete;

- Melhora a flexibilidade e estabilidade para controlar rebatidas;

- Melhora o controle muscular para evitar lesões;

- Aumenta a força superior e inferior do corpo e a resistência;

- Reduz lesões nas costas, pelo aumento da flexibilidade;

- Fornece níveis mais elevados de concentração.

 

Um corpo equilibrado é um corpo com menos desgaste, pois desperdiça menos energia, tornando o movimento mais eficiente e poderoso, o que irá possibilitar ao atleta não só diminuir os riscos de lesões e de fadiga, mas também atingir níveis mais elevados na sua capacidade técnica e mental. Aumentando as possibilidades de sucesso, saúde e bem estar.

 

Fonte: ClubedoPilates

 

Compartilhe essa página com seus amigos nos links abaixo:

CADASTRE-SE

PUBLICIDADE

Alternative text

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>