Conhecer a posição inicial de cada exercício vai fazer diferença no momento da execução dos movimentos?

 

Por Rafaela Porto

Certificated Instructor STOTT PILATES

Coordenadora Técnica da Pilates StudioFit

 

Imagem: Internet

 

É muito importante antes de qualquer exercício certificar-se que seu cliente está o mais livre de tensão possível, caso contrário, assim que o movimento começar o estresse será ainda maior!

 

E como podemos ajudá-los a melhorar essa consciência? Veja abaixo algumas dicas:

 

DECÚBITO DORSAL: Antes de tudo verifique se há tensão na região do pescoço (comum em pessoas com a cabeça interiorizada), nesse caso utilize um bloco de espuma em baixo da cabeça de seu cliente. Com esses clientes devemos nos atentar um pouco mais em exercícios que exigem a cabeça fora do chão, uma ótima modificação é direcionar essa pessoa a posicionar uma ou as duas mãos atrás da cabeça durante o exercício.

Os braços geralmente vão estar relaxados ao longo do corpo, com as mãos apoiadas no solo assim ajudando a ativação do latíssimo do dorso, mas claro se não for possível deixar as mãos voltadas para baixo modifique a posição gerando mais conforto ao cliente.

POSIÇÃO DE APOIO OU DIAGONAL (CCA – Cadeia Cinética Aberta): Nessa posição nosso cliente deverá ter maior resistência muscular abdominal. O ângulo do quadril pode ser diminuído ou aumentado, de acordo com cada exercício e nível de condicionamento do seu cliente.

Continuamos com os mesmos cuidados do item anterior, no entanto com as pernas fora do chão será mais desafiador manter a coluna e pelve estabilizadas. A ativação do tranverso do abdome é mantida para que não haja tensão na região superior do tronco.

POSIÇÃO SENTADO: Mantendo o alinhamento corporal com a pelve, caixa torácica e cabeça equilibrados numa mesma linha e a coluna apresentando as curvaturas naturais.

Caso a posição neutra não seja mantida com as pernas estendidas a frente, uma boa modificação será flexionar e cruzar as pernas e se o cliente ainda estiver numa posição tensa, coloque-o numa base mais alta (como o bloco de espuma ou o extensor de plataforma do Reformer, se você não tiver essas opções, você pode orientá-lo(a) à sentar-se em um Arc Barrel ou uma caixa).

DECÚBITO VENTRAL: Naturalmente o posicionamento das pernas podem influenciar no posicionamento neutro do resto do corpo por motivo de encurtamento ou musculatura. Você não será obrigado a manter as pernas sempre aduzidas, podemos instruir o cliente para afastá-las na linha do quadril por exemplo.

No caso de pelve anteriorizada um apoio em baixo das EIAS (Espinhas Ilíacas Antero Superior) será a melhor opção para encontramos uma posição neutra e confortável.

 

Pratique os exercícios com conforto e sem nenhuma tensão.

 

Boas Aulas!!!

 

Compartilhe essa página com seus amigos nos links abaixo:

CADASTRE-SE

PUBLICIDADE

Alternative text