2014_02_0061-IMAGENS-RP-NOVO-SITE_poolates-pilates-Site

Poolates – Pilates feito na água

Pilates tem sido uma das práticas que traz muitos benefícios para o corpo com resultados visíveis. E para complementar este tipo de prática, agora ele é desenvolvido na água, uma novidade que está tendo resultado satisfatório para quem quer perder peso e ter o corpo em forma sempre.

Batizado e criado pela norte-americana Rebecca Pfeiffer, a idéia deste novo método surgiu quando três de seus alunos na mesma semana a questionaram sobre a possibilidade de praticar pilates dentro d’água. Como algumas pessoas vieram lhe falar sobre o assunto, Rebecca começou a considerar que poderia ser válido e possível levar o método do brilhante Joseph Pilates para dentro da piscina.

Mas ela queria fazer isso de uma forma que não distorcesse os princípios dos exercícios originais. Hoje, descrevemos o pilates como um método de três estilos, o mat (solo), com equipamentos e o dentro d’água.

Fazer exercícios na água e se refrescar ao mesmo tempo. Lançado nos Estados Unidos, em breve estará no Brasil.

A novidade já está sendo esperada por muitas pessoas que gostam de novidades para praticar exercícios. Na água você ganha mais equilíbrio, força e tonifica os músculos através dos impulsos, além de trabalhar a respiração, concentração e postura. Todas as partes do corpo ganham com esta prática, pernas torneadas, bumbum durinho, alongamento e relaxamento do corpo.

Para quem já conhece a tradicional aula de Pilates, já sabe os muitos benefícios que a prática traz para corpo e mente. Com resultados surpreendentes, é muito indicado para quem quer perder peso.

A nova técnica chamada Poolates é feita com água na temperatura de 30° graus, deixando articulações mais flexíveis você tem inúmeros benefícios como circulação sanguínea, coração e pulmão mais tonificados. Sempre na hora dos exercícios trabalhe concentrado nos músculos e deixe o abdome contraído.

Compartilhe esta página com seus amigos nos links abaixo:

 

Autora: Mayra Stachuk

 

Compartilhe esta página com seus amigos nos links abaixo :

 

CADASTRE-SE

PUBLICIDADE

Alternative text

7 thoughts on “Poolates – Pilates feito na água”

  1. eu ja fiz um curso de pilates na agua, mas chamavamos de hidropilates ou water pilates, que alem de exercicios do proprio pilates associavamos exercicios de yoga tbem… exelentes resultados… e uma aula super gostosa de praticar e de dar…=]

  2. Bom, como Professora de Educação Física, conheço essa “modalidade” do Pilates na água, como a velha e boa hidroginástica, talves com um olhar maior para o alinhamento postural e o trabalho com mais consciência corporal.
    Mas daí falar que nasceu, foi criado, o grande pilates na água é de mais p/ mim, pilates na água, só se transportasse todos os equipos e acessórios para a água, e o trabalho com elático e thera band na água já existe a muito tempo.
    Sou intrutora e fã de Pilates, mas não sou fã desses marketings que andam fazendo por aí colocando o nome de Pilates em várias modalidades e dizendo eu adaptei o médoto Pilates na água ou em qq outro lugar.
    Outro dia foi o tal do surflates, já treino atletas de surf a muito tempo e nem por isso criei um nome para o treinamento.
    É só um desbafo de uma profissional que se preocupa com o grande numero de profissionais despreparados trabalhando com o corpo em movimento.

  3. Sou fisioterapeuta e concordo com a prof. Maria Malva. Acredito que você como profissional possa associar técnicas no tratamento, mas daí falar que pq vc introduziu uns exercícios realizados em solo dentro da piscina, já criou uma nova técnica? water pilates? até pq quem trabalha com o Pilates, sabe que não é possível utilizar todos os princípios dentro da água, é limitado! Na minha opnião, isso é uma maneira de ganhar dinheiro, inventando um nome bonito pra encher os olhos de alguns que não conhecem a técnica!

  4. Olá, Tb sou educadora fisica com especialização na area aquatica e formada em pilates e concordo com as colegas Maria e Priscila, que não deixa de ser mais um marketing utilizando o metodo e os principios de pilates para ganhar dinheiro, mas na agua tb tem suas limitações…

  5. Olá! Sou professora de educação física e de pilates. Há anos trabalho com o método. Concordo com as professoras anteriores. Muita gente vem usando o nome pilates, seja na água ou em outro local sem ter o menor conhecimento do mesmo.
    Há um tempo venho estudando a possibilidade de levar o método pro meio líquido obviamente com cuidado, respeito e muita ética.
    No ano passado lancei o livro: Método Pilates na Água da editora Phorte, fruto de mais de 5 anos de estudo. Como a professora acima citou, incluí sim as molas dentro d’água, já que elas são a grande marca do método. Inicei um trabalho de desenvolvimento dos aparelhos de pilates com um designer industrial, para levá-los para a água, mas quando mostrava pros ‘donos’ de academias aquáticas eles se interessavam só pelas molas justificando que não teriam espaço para guardar tanta coisa na borda da piscina… então não vou dizer que desisti mas, que dei uma parada por enquanto nesse assunto. E como o método não se faz apenas pelos aparelhos…. Creio que o que desenvolvi ficou bem bacana, modéstia a parte. Pelo menos, venho sendo procurada frequentemente por outros profissionais e nos cursos que ministro a resposta tem sido muito positiva. Convido a todos para entrar no meu site http://www.jfpilates.com.br e dar uma olhadinha. Encontra-se o livro nas melhores livrarias e o vendo também pelo site.

  6. Concordo com as demais profissionais, também sou professora de Educação Física, trabalho com natação, hidroginástica e musculação. O que temos por aí agora, é nada mais nada menos do que um MARKETING OPORTUNISTA. Ao meu ver muito pobre e negativo para uma modalidade tão conceituada e satisfatória em resultados como o Pilates. Uma pena, mas é querer deixar os profissionais de hidroginástica revoltados. Se for assim, o profissional qualificado em Educação Física poderá exercer esta prática tranquilamente e não deverá ser preciso se especializar e qualificar em Pilates. Não quero confrontar com nenhum profissional de Pilates, pelo contrário, apenas não deixar que os profissionais de hidroginástica sejam prejudicados. Todos tem seu real valor e importância para uma melhor Qualidade de Vida, para com os praticantes de cada modalidade e atividade.

  7. Gostaria de Parabenizar a revista, as informações são bem aproveitadas, enfim, Trabalho na Barra da Tijuca no Rio, gostaria de indicações de estudios pelo bairro. É de muita importância essa informação.
    Grato
    Abraço

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>