Matéria - Pilates e Responsabilidade 2

Pilates, responsabilidade, equipamentos e segurança, parte 2

Este artigo fornece informações gerais sobre como proteger o seu estúdio de Pilates das ações judiciais e como gerir o risco. Não se destina ao aconselhamento jurídico e não deve ser considerado como um substituto para o mesmo ou outros serviços profissionais. A consultoria especializada é necessária, consulte o seu advogado ou outros profissionais qualificados.

Dicas práticas de Gestão de Risco

De acordo com uma pesquisa, feita nos Estados Unidos, a segunda razão para reclamações contra instrutores é a lesão decorrente de uso incorreto dos equipamentos de Pilates. Nos livros não existem casos envolvendo, especificamente, os equipamentos de Pilates. No entanto, os equipamentos existentes para os exercícios, juntamente, com o conhecimento básico das leis, pode minimizar problemas com o aluno. O instrutor deve proceder com um padrão de atendimento, que é tomar as precauções necessárias, para garantir que o aluno não sofra nenhum prejuízo. Se um instrutor não tomar essas precauções, com base numa avaliação de fatos que envolvem o incidente, o treinador pode ser considerado negligente e, portanto, responsável.

Dicas práticas de Gestão de Risco

Os alunos lesionados entraram com ações judiciais com base em alegações de que o equipamento não estava devidamente montado ou instalado. Os tribunais têm encontrado, com facilidade, casos em que o proprietário foi responsável pela lesão/ferimento causado durante o exercício por possuir um equipamento incorretamente instalado.

Dicas: Tenha profissionais experientes para a montagem e instalação dos equipamentos. Inspecione e faça a montagem e instalação de acordo com as instruções do fabricante. Antes de qualquer cliente utilizar os novos equipamentos, executar e documentar um teste no equipamento para se certificar de que está funcionando corretamente. Não permitir que o aluno seja o primeiro a utilizar, para posteriormente descobrir falhas da montagem ou instalação.

Se você comprar um equipamento usado, inspecione-o com ainda mais cuidado. Em primeiro lugar, procurar por sinais de quedas. Por exemplo, se o equipamento tiver caído, poderia ter uma rachadura. É importante verificar se não existem problemas estruturais.  Avalie também quem está vendendo o equipamento. Se é um estúdio experiente é provável que o equipamento foi mantido adequadamente. Certifique-se que todos os parafusos estão apertados, e, por uma medida extra de segurança, substituir as molas.

Layout de Estúdio e Iluminação

Muitos clientes ganham com sucesso ações judiciais em que o tribunal considerou que a lesão ocorreu porque o equipamento de musculação foi colocado muito perto de outro equipamento. Nestes casos, um aluno colide com o outro equipamento, durante a execução de um exercício, perdendo o controle e resultando em uma lesão.

Alguns instrutores mais experientes sugerem a distância de 30 polegadas entre dois Reformers para evitar colisões. Além disso, eles advertem para colocação de equipamentos com sistemas pólo muito perto de espelhos. Isso implica em uso de espelhos reforçados para segurança.

Armazenamento de equipamentos

Acontece com grande freqüência acidentes envolvendo equipamentos que não são devidamente armazenados. Uma forma de evitar esses acidentes é supervisionar os alunos que possuem acessos aos equipamentos, alertando-os sobre os riscos de um equipamento não armazenado corretamente.

Dica: estabelecer políticas e procedimentos de armazenamento, para qualquer equipamento, evitando exposição, tanto do aluno como o instrutor, ao risco de ferimentos. Se estiver usando um equipamento portátil, os funcionários devem ser treinados sobre como mover e armazenar, o mesmo, com segurança.

Dentro do planejamento, muitos proprietários de estúdio se esquecem de considerar a importância do tipo certo de armazenamento. Se você pretende usar bolas, rolos, barras e outras peças de equipamentos, lugares sem uma área de armazenamento, como sua área de treino, são itens que podem fazer uma pessoa tropeçar e cair.

Consciência é a chave da segurança

Com um compromisso com o treinamento, para todo o pessoal, e manutenção nos equipamentos, junto a uma gestão de risco, os instrutores de Pilates podem continuar a proteger os clientes de uma lesão, e deixar você preparado para um mercado que continua crescendo. Com sua prevenção, o esforço e a consciência da equipe, vocês podem proteger o respeito e a reputação que o Pilates sempre teve. Os instrutores devem trabalhar sempre atualizados sobre os conhecimentos mais atuais, assim como suas aspirações para se manter centrados e para seu crescimento profissional.

Fonte: Inner IDEA®

CADASTRE-SE

PUBLICIDADE

Cursos de Pilates Brasil

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>