Exercícios de Pilates para estenose espinal lombar

Seus alunos estão reclamando de dor nas costas, ou eles descrevem  um “problema nas costas?” Se for assim, as suas queixas não são incomuns. Foi divulgado recentemente que 4 de cada 5 alunos adultos possuem, pelo menos, um episódio de dor nas costas em algum momento durante sua vida. Considerando essas estatísticas, a probabilidade de encontrar os seus clientes com problemas nas costas é muito elevada.
Com qualquer pessoa que está em pós-recuperação ou tem uma história de uma doença da coluna, é importante estar ciente dos resultados com o profissional responsável, para melhor adaptação dos exercícios ao aluno em questão. A informação aqui é generalizada para a maioria dos indivíduos, mas tenha em mente que sempre há desvios.

A medula espinhal começa como uma extensão do cérebro e é cercado pela coluna vertebral óssea, que atua como um mecanismo de proteção. Qualquer informação sensorial ou motora do cérebro para o corpo viaja através da medula espinhal. Uma lesão na medula espinhal vai interromper esta comunicação importante, resultando em prejuízos de movimento, sensação e / ou função de órgão.
A coluna lombar contém cinco segmentos articulando esse movimento de flexionar, estender, dobrar e girar o tronco. Individuais, dos nervos saem raízes de cada lado das vértebras para se tornar nervos que permitem a sensação e o movimento na parte inferior do corpo (Kibler et al. 1998).

Exercício Pilates como uma opção de tratamento

Pessoas com dores nas costas e má postura podem se beneficiar de exercícios de Pilates, mas a técnica adequada é fundamental. Você pode ter que modificar exercícios lombares para se adaptar às características individuais de um aluno e suas necessidades.

Estenose lombar da coluna vertebral

Estenose espinhal, que é o estreitamento dos espaços da coluna, pode resultar em pressão sobre a medula espinhal e / ou nervos. A maioria dos casos de estenose espinal ocorrem na região lombar (estenose espinhal lombar), afetando os nervos que são responsáveis pelos movimentos das pernas. Estenose espinhal pode resultar de uma variedade de causas, incluindo o envelhecimento, a hereditariedade, tumores, um evento traumático e doença óssea.

Indivíduos com estenose espinhal pode ter dor ou desconforto nas pernas, bem como fraqueza ou “peso” nas extremidades inferiores. Outros sintomas podem incluir dormência, formigamento ou sensação de calor e frio nas pernas. Estenose do canal vertebral lombar é diagnosticada por um médico. Uma imagem de ressonância magnética (IRM) ou tomografia computadorizada (TC) ou uma mielografia (radiografia tirada após um fluido especial ser injetado na coluna) podem ser executadas. Estes estudos de imagem, entre outros, podem oferecer detalhes sobre os ossos e tecidos e ajudar o médico a identificar um diagnóstico (Cleveland Clinic, 2005).

A cirurgia pode ser indicada como uma opção de tratamento, mas geralmente é visto como um último recurso. exercícios de estabilização lombar também pode ser uma opção viável de tratamento, dependendo da gravidade da estenose espinhal.

Dica para os exercícios de Pilates

Como regra geral, os indivíduos com estenose espinal lombar são mais confortáveis na posição de flexão. Os exercícios de Pilates realizados com o aluno deitado de bruços sobre o abdome, com a cabeça voltada para um dos lados ou em pé podem ser desconfortáveis. Se o aluno preferir deitar de bruços, pode-se colocar um travesseiro sob o estômago para criar uma pequena quantidade de flexão da coluna vertebral.

Fonte: http://www.inneridea.com

CADASTRE-SE

PUBLICIDADE

Cursos de Pilates Brasil

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>