2014_02_0061-IMAGENS-RP-NOVO-SITE_case-de-sucesso-pilates-studio-just-Site

Case de sucesso: Pilates Studio Just

Proprietário de academia de musculação há 14 anos, André Lago soares, começou seu negócio em uma garagem e hoje conta com três unidades, duas na Zona Norte de São Paulo e outra em Cotia. Quando pensou em expandir os serviços prestados pela academia, o empresário logo optou pelo Pilates, que chamou sua atenção pela rentabilidade e a chance de estimular seus colaboradores a ter uma renda maior.

O primeiro estúdio inaugurado dentro da academia foi no bairro do Limão. Como é um bairro de classe C, o empresário sabia que poderia ter dificuldades em estabelecer uma mensalidade adequada, por isso preocupou-se em investir no visual e na infra-estrutura, escolheu um lugar estratégico dentro da academia, onde todos pudessem ver o estúdio.
Outro pensamento que fez toda diferença, foi que o empresário acreditou no potencial do método e não montou o estúdio em uma sala sem uso, escondida. Ele colocou o estúdio numa “vitrine”.
A academia foi reformada e o estúdio instalado em uma sala com muita luz natural, ar condicionado e cuidados para valorizar todos os sentidos do cliente. O piso apresenta ranhuras que imitam a madeira e dá uma sensação diferente ao pisar , o olfato é estimulado com uma essência cítrica que perfuma o ambiente e todos os dias tem sempre um chá especial para recepcionar os alunos. Além disso, uma seleção de músicas foi elaborada especialmente para as aulas, claro, sempre respeitando a opinião do cliente.
Muitos alunos se matriculam na academia apenas para utilizar o Pilates, porém a grande maioria investe em um programa de treinamento que inclui Pilates e outras modalidades. O time de profissionais da Just Academia orienta e informa a importância do método e os benefícios que ele traz.
No estúdio inaugurado há um ano, são 38 alunos ativos e a estimativa para o segundo estúdio inaugurado este mês é de alcançar o mesmo número com mais rapidez, a curto prazo. Um terceiro estúdio já está sendo planejado e como os outros dois já existentes, a marca escolhida para equipar o ambiente é a Metalife Pilates.
O investimento inicial em marketing foi de 10% do capital disponível, no primeiro mês de operação. No segundo e terceiro meses o percentual caiu para 5% deste investimento e agora, são reservados 5% do faturamento do estúdio para ações de marketing e publicidade. O empresário afirma que “existem diversas ferramentas de divulgação baratas e muito eficientes, procure parceiros e crie campanhas, os resultados superarão suas expectativas”.
Hoje, quando perguntado por que escolheu o método Pilates para investir, André responde:
- Minha academia já estava no limite de crescimento quantitivo e em um lugar muito sensível a preços, precisava me diferenciar para torná-lo mais rentável e o estúdio foi minha escolha;
- Precisava de um serviço que estimulasse meus professores e que aumentasse a renda deles dentro de seu período de trabalho. Tomei cuidado na escolha de meus colaboradores para que houvesse qualificação e comprometimento. Acredito que oferecer algo assim colabora para no desenvolvimento de um plano de carreira e, conseqüentemente, é um ótimo recurso para diminuir o turn over de colaboradores.
Por fim, o empresário revela:
“Um empreendedor sente a necessidade de explorar novos mercados e serviços. Este hábito, ao passar dos anos, torna-se um jogo, é estressante mais muito divertido. Mobilizar pessoas, idéias, projetos faz muito bem, a energia contagia a todos. O fracasso, se ocorrer, não deve ser encarado como algo terrível, mas sim parte do processo de seu crescimento. Nunca passei por isso, mas se acontecer, sei que terei forças para reverter a situação. Planeje, estude, mas não fique só nisso: aja!”.
Site oficial: Clique aqui
E-mail para contato: just_personal@uol.com.br

CADASTRE-SE

PUBLICIDADE

Cursos de Pilates Brasil

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>