Pilates para homens

Pilates para homens
Aparentemente, para quem observa uma aula de Pilates, com movimentos precisos, coordenados e fluidos, leva a crer que se trata de uma atividade fácil, de baixa ou nenhuma exigência e super feminina. Certo? Totalmente errado. Basta aventurar-se a realizar tais movimentos para perceber o quanto é difícil controlar a respiração e o centro de força (CORE) e assim executar o exercício. Da mesma forma que, na natureza deve-se reforçar o tronco da árvore para fortalecê-la, é necessário reforçar o centro do corpo para executar os exercícios de Pilates como uma forma de condicionamento inteligente.

O Pilates é uma atividade para homens? Afinal por que não seria? O criador do Método Pilates, Joseph Pilates, aplicou os seus ensinamentos e comprovou a eficiência do seu método justamente em homens reclusos nos campos de concentração na Inglaterra durante a Primeira Guerra Mundial. Esses internos contemplavam melhor saúde e resistência física e não foram afetados pela Gripe Influenza que matou milhares de soldados em outros campos de concentração.

Embora a popularidade do Método Pilates tenha caído nas graças das mulheres, é importante lembrar que inicialmente o método foi desenvolvido e aplicado para atender exigências masculinas. A grande maioria dos homens acredita que seus músculos precisam ser submetidos a enormes cargas e esforços para se tornarem fortes e viris.

Com o Método Pilates eles podem conseguir esses dois objetivos com a diferença de preservar as articulações e saúde, trabalhando também o equilíbrio, flexibilidade, postura e propriocepção.
Os homens tendem a ser menos flexíveis que as mulheres, principalmente na musculatura do quadril e membros inferiores, apresentam alteração na mecânica do corpo como joelhos varos que podem sobrecarregar a articulação lateralmente e gerar perda da cartilagem e dor nos joelhos. Por isso, técnicas de exercícios para correção postural, como nos exercícios de Pilates, são primordiais a eles.

A procura pelo Pilates vem aumentando cada vez mais, e atingem homens sedentários, atletas, executivos, jovens e idosos. Cada população tem um objetivo dentro do Pilates.
Os executivos que permanecem por muito tempo sentado, sobrecarregam de uma forma geral a coluna (regiões lombar, torácica e cervical). Os exercícios propostos terão objetivo de aliviar a sobrecarga na coluna e assim diminuir a dor, trabalho de força e equilíbrio entre o a musculatura abdominal e músculos paravertebrais (coluna) com o alinhamento corporal, reeducando a postura.

No trabalho com idosos, o Método Pilates focaliza principalmente o alinhamento postural, o treinamento de equilíbrio, a força muscular, a flexibilidade e a reeducação respiratória. Também é importante focar na prevenção – ou até mesmo no tratamento – de algumas questões como a perda de massa muscular e de massa óssea (osteogenia/osteoporose). Uma grande vantagem do Método é que adaptações podem ser feitas de acordo com a necessidade do idoso, o que possibilita correções durante os movimentos e proporciona uma execução segura, livre de compensações e sobrecargas indesejadas. No entanto, é primordial consultar um médico antes de iniciar tais atividades.
Os jovens que buscam membros superiores fortes e abdômen “trincado”, os acessórios como Bola, faixa elástica e as molas dos aparelhos vão tornar exercícios desafiadores e com resultados surpreendentes, trabalhando em equilíbrio com a postura correta.

Na busca por melhores rendimentos, os atletas utilizam cada vez mais, atividades complementares para aperfeiçoar os resultados. O Pilates está cada vez mais presente no cenário do esporte masculino, como o vôlei, basquete e atualmente futebol, oferecendo aos seus atletas os exercícios de Pilates no solo e com a bola para melhorar a performance deste atleta, assim como prevenção de lesões e reabilitação. No campeonato inglês de futebol, a Premiership, o campeão 2009/10 é o Chelsea FC, que utiliza o Método Pilates desde fevereiro de 2009 e apresentou melhor preparo em relação ao desgaste físico devido à maratona de jogos e menor frequência de jogadores no setor de reabilitação.

Durante a prática independente do grupo é preciso sempre respeitar os princípios, como “fechar” o abdômen (umbigo em direção a coluna), concentrar na respiração, manter o alinhamento e fazer o movimento preciso e controlado. Dessa forma, redução de dores e melhor função muscular aumentam os desempenhos, sejam eles na vida diária ou nos desportos.

Seja atleta de alto rendimento ou homens que buscam um corpo forte e sem lesões, o Método Pilates pode ser a escolha certa.

Autora: Studio Pilates Lelia Leocadio

CADASTRE-SE

PUBLICIDADE

Alternative text

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>