Pilates: Aprenda a controlar o seu corpo

Pilates: Aprenda a controlar o seu corpo

Dentre os princípios que norteiam o método Pilates, um dos mais importantes é a contrologia, que consiste na capacidade de controlar o corpo e a mente através de exercícios¹.

Durante a execução dos exercícios do Pilates, é preciso que o aluno esteja concentrado e integrado com o seu próprio corpo. Isto permitirá que ele perceba melhor seus músculos e articulações, a posição destes, o grau de contração muscular, pontos dolorosos, pontos fortes, etc. Perceber o próprio corpo é fundamental para que se desenvolva o controle dele, durante a atividade e no dia-a-dia.

Com a progressão das aulas de Pilates, o aluno será capaz de conhecer os músculos responsáveis por determinada ação e desenvolverá uma melhor consciência corporal. Esta consciência resulta em uma maior ativação neural durante a execução dos movimentos e permite que o indivíduo reconheça e evite posturas dolorosas. Pensar no movimento antes mesmo de realizá-lo, contrair a musculatura responsável pela ação antes da ação se iniciar são aspectos determinantes para a qualidade da contração muscular.

Pensar no movimento faz com que mais fibras motoras sejam recrutadas numa ação muscular, o que resulta numa contração mais eficaz e num trabalho mais efetivo. Este ajuste no movimento faz com que um trabalho que utilize a carga do próprio corpo, que pareça simples aos olhos de quem vê, traga resultados tão expressivos.

Estudos que se baseiam em técnicas de mapeamento cerebral mostram que o ato de imaginar a execução do movimento é capaz de estimular os neurônios da área motora correspondente². Isto se traduz em um maior controle neuromuscular, em maior percepção corporal e em uma contração realmente eficaz, sem necessitar de cargas tão expressivas para conquistar tônus e definição muscular.

Portanto, faça com que suas aulas de Pilates sejam um encontro entre você e o seu corpo, aprenda a percebê-lo e a entender os seus sinais. Faça uma interação entre corpo, mente e espírito e busque sempre o equilíbrio entre estes três pontos.

1. Pires DC, Sá CKC. Pilates: Notas sobre aspectos históricos, princípios, técnicas e aplicações. Disponível em: http://www.efdeportes.com/efd91/pilates.htm.

2. Schlatter AZ,  Schuster C, Puhan MA, Siekierka E, Steures J. Efficacy of motor imagery in post-stroke rehabilitation: a systematic review. Journal of NeuroEngineering and Rehabilitation 2008, 5:8.

Autora: Ana Elisa Santana de Carvalho. Fisioterapeuta.

CADASTRE-SE

PUBLICIDADE

Cursos de Pilates Brasil

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>