Homens de verdade praticam Pilates

Homens de verdade praticam Pilates

O estigma de que o Pilates é somente para as mulheres foi quebrado. Uma vez que o Pilates é o exercício favorito das celebridades: Madonna, Julia Roberts, Sharon Stone e uma interminável lista de atrizes e supermodelos. Atletas do sexo masculino como Tiger Woods, por exemplo, descobriram como se livrar das dores indesejáveis e usufruir dos benefícios obtidos através do método Pilates.

Os atletas que praticam Pilates, já perceberam os benefícios de uma maior flexibilidade, equilíbrio, coordenação, resistência, velocidade e agilidade. Além disso, um vasto número de atletas em uma grande variedade de esportes perceberam a eficácia do Pilates para tudo, desde prevenção de lesões para a recuperação, até o fortalecimento de seu corpo.

Todo esporte tem seus próprios padrões distintos de movimentação. Alguns esportes utilizam alguns músculos específicos enquanto praticamente ignora os outros, criando assim um risco de um desequilíbrio físico. O tênis, por exemplo, envolve movimentos unilaterais. Esportes de forte impacto como o rugby e o futebol americano exigem um elevado nível de condicionamento físico e uma boa variedade de movimento em torno de certas articulações. A quantidade de adeptos do Pilates nesses esportes cresce constantemente em função dos seus benefícios.

Comum a todos os esportes é a necessidade de construir músculos longos e flexíveis, para ativar os músculos abdominais profundos, criando assim um centro de força (core) devidamente forte. O Pilates aborda esses quesitos, além de ser um complemento ideal para outros métodos de treinamento.

Se o seu corpo é sua casa, então a sua fundação é o seu core. Há provas irrefutáveis de que um core forte é importante, pois fornece a base para os membros se movimentarem durante a prática esportiva. Não apenas isso, um “core” forte é fundamental, pois é dele que vem todo o seu poder e energia durante os exercícios físicos. Além de melhorar o desempenho, ele vai ajudar a reduzir o risco de lesões e acelerar a reabilitação e recuperação. Além disso, o Pilates irá adicionar o equilíbrio e a flexibilidade ao seu corpo.

A procura crescente pelo Pilates nos esportes popularmente masculinos é de senso comum. Portanto, se você pensou que o Pilates é uma moda feminina, pense novamente. Pilates é para todos. Se você faz da atividade esportiva um hobby, pratica esportes para perder peso, ou qualquer outra finalidade. o Pilates é para você! Se você é um atleta profissional ou de final de semana, um maratonista buscando melhorar seu tempo de corrida, um jogador de tênis que deseja adicionar o poder em seu balanço, e assim por diante, adicione Pilates ao seu treino. Se você procura por um atleta de ponta ou por um corpo saudável, você procura por Pilates.

Fonte: www.parklandpilates.com

O estigma de que o Pilates é somente para as mulheres foi quebrado. Uma vez que o Pilates é o

exercício favorito das celebridades: Madonna, Julia Roberts, Sharon Stone e uma interminável lista

de atrizes e supermodelos. Atletas do sexo masculino como Tiger Woods, por exemplo, tem

descoberto como se livrar das dores indesejáveis e usufruir dos benefícios obtidos através do método

Pilates.

Os atletas que praticam Pilates, já perceberam os benefícios de uma maior flexibilidade, equilíbrio,

coordenação, resistência, velocidade e agilidade. Além disso, um vasto crescente número de atletas

em uma grande variedade de esportes perceberam a eficácia do Pilates para tudo, desde prevenção

de lesões para a recuperação, até o fortalecimento de seu corpo.

Todo esporte tem seus próprios padrões distintos de movimentação. Alguns esportes utilizam certos

músculos enquanto praticamente ignora outros, criando assim um risco de um desequilíbrio

físico. O tênis, por exemplo, envolve movimentos unilaterais. Esportes de forte impacto como o rugby

e o futebol americano exigem um elevado nível de condicionamento físico e uma boa variedade de

movimento em torno de certas articulações. A quantidade de adeptos do Pilates nesses esportes

cresce constantemente em função dos seus benefícios.

Comum a todos os esportes é a necessidade de construir músculos longos e flexíveis, para ativar os

músculos abdominais profundos, criando assim um centro de força (core) devidamente forte. O

Pilates aborda esses quesitos, além de ser um complemento ideal para outros métodos de

treinamento.

Se o seu corpo é sua casa, então a sua fundação é o seu “core”. Há provas irrefutáveis de que um

“core” forte é importante, pois fornece a base para os membros a se moverem em esportes. Não

apenas isso, um “core” forte é fundamental, pois é dele que vem todo o seu poder e energia durante

os exercícios físicos. Além de melhorar o desempenho, ele vai ajudar a reduzir o risco de lesões e

acelerar a reabilitação e recuperação. Além disso, o Pilates irá adicionar o equilíbrio ea flexibilidade

de seu corpo.

A procura crescente pelo Pilates nos esportes popularmente masculinos é de senso comum. Portanto,

se você pensou que o Pilates é uma moda feminina, ou que é para poucos. Pense novamente. Pilates

é para todos. Se você faz da atividade esportiva um hobby, pratica esportes para perder peso, ou

qualquer outra finalidade, o Pilates é para você. Se você é um atleta profissional ou de final de

semana. Um maratonista olhando para aumentar o tempo de corrida, um jogador de tênis que deseja

adicionar o poder em seu balanço, e assim por diante, adicione Pilates ao seu treino. Se você procura

por um atleta de ponta ou por um corpo saudável, você procura por Pilates.

Fonte: www.parklandpilates.com

CADASTRE-SE

PUBLICIDADE

Alternative text

One thought on “Homens de verdade praticam Pilates”

  1. Estou consciente de que eu quero e preciso fazer Pilates, a busca que tenho feito a informações me faz focar ainda mais nessa necessidade de bem est

    Grato pelas informações.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>