Tratando a Sinovite através do Pilates

Tratando a sinovite através do Pilates

A Membrana sinovial é uma fina camada de tecido conjuntivo que reveste estruturas como tendões, cápsulas articulares e bursas sinoviais. É composta por células sinoviais que produzem o líquido sinovial, um gel viscoso transparente que lubrifica as estruturas as quais recobre, sobretudo as articulações e provê a nutrição de aproximadamente dois terços da cartilagem articular avascular.

Quando ocorre inflamação de uma membrana sinovial, dá-se a SINOVITE. Os sinais característicos incluem a presença de liquido na articulação, espasmo, dor muscular e limitação do movimento. Caracteriza-se pelo intumescimento flutuante devido ao derrame dentro de um sacro sinovial. O traumatismo dirigido à uma articulação (como golpe, distensão, torção), qualquer movimento forçado além da amplitude normal de movimento, ou o uso excessivo de uma articulação anormal pode resultar em sinovite, se o traumatismo for suficientemente grave para produzir uma lesão da membrana sinovial.

A primeira medida no tratamento da sinovite aguda é o repouso. A parte afetada deve ser mantida numa posição que permita o maior relaxamento dos músculos adjacentes. Como o traumatismo pode causar muitas vezes uma sinovite hemorrágica, a aspiração do líquido pelo médio, seguida de aplicação de calor, com envoltórios quentes, compressas úmidas ou calor infravermelho ou radiante, costuma ser suficiente para reduzir a dor e o espasmo muscular.

Se houver uma grande perda do tonus muscular ou relaxamento dos ligamentos, a estimulação galvânica e farádica dos músculos afetados, bem como a massagem leve, ajudará a restaurar a integridade da articulação.

O movimento é recomendado desde o início. A princípio, deve ser passivo e muito leve e, mais tarde, ativo com aumento da amplitude. Para tal, o PILATES auxilia de forma sistematizada, progressiva e sempre respeitando os limites biomecânicos e se baseando na cinesiologia. O movimento e a articulação são reabilitados e a força e a flexibilidade são potencializadas, a fim de manter a função do membro e da articulação e prevenir possiveis reincidencias.

fonte: www.flexuspilates.com.br

PUBLICIDADE

Classificados Pilates

Comentários