Centro de Força: nosso guindaste pessoal

Centro de Força: nosso guindaste pessoal

Uma boa opção para o instrutor verificar se a estabilização do centro está ocorrendo de forma adequada é acompanhar o peso dos membros do aluno.

Vamos imaginar um guindaste que sustenta um objeto pesado no ar e começa a descê-lo em direção ao solo. Se tivermos a oportunidade de colocar nossa mão sob o objeto vamos nos dar conta que ele está leve, que toda a tração está na corda.

Caso contrário o objeto estará caindo ou descendo sem o controle necessário .

Muito bem, passando esta imagem para nossa prática, vamos considerar que o íliopsoas juntamente com outros flexores do quadril, é o braço do guindaste e o objeto é nossa perna.

Se houver uma boa estabilização do centro, enquanto a perna desce, ou estende, abrindo o ângulo da articulação coxofemoral, os flexores do quadril irão alongando numa ativação excêntrica enquanto nossa coluna e bacia (nesse caso, os pontos fixos dos flexores) estarão paradas, estáveis, assim mantidas pelo CORE.

Nesse momento o instrutor poderá colocar sua mão sob braços ou pernas, o que estiver sendo mobilizado, e perceber se há peso nesse membro.

Confira no blog www.professorpilates.com.br o que a especialista Silvia Gomes sugere como orientação verbal para o aluno, na hora da prática.

Vale a pena experimentar!

Autor: Silvia Gomes, educadora física especialista em Biomecânica e instrutora de Pilates
Para saber mais sobre o trabalho da autora, acesse www.silviagomes.com.br e www.pilatespaco.blogspot.com

Professor Pilates

CADASTRE-SE

PUBLICIDADE

Alternative text

One thought on “Centro de Força: nosso guindaste pessoal”

  1. Oi Silvia,
    quero parabeniza-la pelo dia de hoje.
    Sempre leio seus artigos e gosto muito.
    Acho que tem uma linguagem acessível, muito bem explicado.
    Sou profissional de Educação Física e fiz o curso de Pilates pela ABP
    em BH.
    Abraços

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>