Pilates: treinamento para triatletas – alongamento

Pilates: treinamento para triatletas - alongamento 

O artigo de hoje continua o artigo postado na segunda-feira, sobre a aplicação do Pilates nos treinos de triatletismo.

O treino de flexibilidade deveria integrar o programa de treinamento de todo atleta, independente da modalidade. Aumentar a flexibilidade reduz lesões e melhora o desempenho e a técnica do atleta.

A maioria dos triatletas não se alongam o bastante. Eles gastam muitas horas durante a semana exercitando-se, mas o tempo para um trabalho mais detalhado de alongamento não é suficiente.

Músculos não alongados podem causar enorme prejuízo para a técnica em todas as três etapas do percurso do triathlon (ciclismo, natação e corrida). Além de também serem uma das principais causas de dor lombar e lesões nas articulações.

Veja o que músculos não alongados podem causar:

1) Quadríceps:
- diminuir a distância da passada em marcha e a extensão no quadril
- limitar a amplitude do movimento no freestyle
- Aumentar o arco da parte inferior das costas, levando à lombalgia
- Aumentar o risco de dor nos joelhos no ciclismo e corrida

2) Ísquios Tibiais:
- Exigir que a parte inferior das costas fique mais arredondada, aumentando assim o risco de lesões
e diminuindo o controle sobre a bicicleta
- Diminuir o comprimento da passada na corrida
 
3) Ombros e peitorais:
- Ombros curvados e má postura
- Aumentar o risco de dores nos ombros e pescoço

4) Panturrilhas:
- Estiramento da panturrilha e problemas no tendão de Aquiles
- Torsão do tornozelo
- Eversão do pé na “decolagem” e “aterrissagem” de cada passada

Uma rotina consistente de Pilates vai garantir bom trabalho de alongamento no programa de treinos. A prática de Pilates garante o fortalecimento para uma gama de movimentos. Os grupos musculares do core  trabalham em sinergia para dar suporte a coluna. Músculos alongados vão prolongar e promover uma melhor circulação sanguínea, além de lubrificar suas articulações. Isto não só melhora a amplitude de movimento, mas também prepara melhor as articulações para gerir o stress repetitivo que o corpo tem que lidar durante as inúmeras horas de treino.

A visão ideal da contrologia ( nome original do Pilates), quando criada por Joseph Pilates, foi  desenvolver o corpo uniformente e tornar a coluna mais flexível, de modo que os indivíduos pudessem respirar melhor e assim o corpo tornar-se capaz de “se limpar”. Pilates dizia que cada pessoa é um atleta e que todos nós temos o direito de sermos fortes e saudáveis.

Fonte: http://www.fitnessdivablog.com

CADASTRE-SE

PUBLICIDADE

Cursos de Pilates Brasil

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>