Pilates: por que é tão importante manter a coluna alinhada?

Pilates: por que é tão importante manter a coluna alinhada?  

Nossa coluna vertebral é formada por uma série de vértebras empilhadas.
Entre cada vértebra situa-se um disco fibrocartilaginoso chamado disco intervertebral. A função deste disco é absorver impactos.

A melhor posição para este disco receber e distribuir qualquer impacto ou sobrecarga, é quando a coluna está em seu alinhamento longitudinal.

É preciso lembrar que a parte posterior das vértebras quando empilhadas formam um canal denominado canal vertebral por onde passa, nada menos, que nossa medula espinhal, ou seja, toda a fiação elétrica que conduz todos os estímulos do cérebro para o corpo e vice-versa.

Cada vento que sentimos no rosto, cada pequeno gesto que executamos só acontece por esse canal de comunicação nervosa.

Quando flexionamos a coluna anteriormente o disco é “pinçado” na frente e “alongado” atrás.

Além dos discos, ligamentos e músculos, profundos e superficiais, fixos na parte de trás vértebras, também são tracionados inclusive para limitar essa flexão. Ou seja, cair com o tronco em flexão para frente NÃO ALONGA, TENSIONA!

Quando mantemos uma posição de flexão por tempo demasiado, por exemplo sentados em sofás macios, ou mal sentados em cadeiras de trabalho, ou ainda quando praticamos exercícios com flexões de grande amplitude na intenção de alongar, colocamos nossa coluna em risco.

Os ligamentos intervertebrais posteriores não são tão potentes para freiar estas inclinações. Será necessária uma ativação efetiva da musculatura que, por sua vez, após um tempo poderá entrar em fadiga gerando dores difusas, a lombalgia.

Os ligamentos, por sua vez, podem estirar-se inflamando. Um pequeno aumento de seu volume já é suficiente para pinçar a região dos nervos causando dores como a famosa ciática.

Além dessas estruturas, o próprio núcleo do disco pode ser projetado para trás, como acontece com a maionese do hambúrguer quando damos uma dentada de um dos lados. Neste caso, o extravasamento do material discal chama hérnia de disco e acarreta DOR.

Por isso é tão importante nos sentarmos bem procurando nossos ísquios (sitz bones – ossos de sentar), carregarmos peso o mais próximo possível da coluna procurando mantê-la neutra e evitarmos flexioná-la quando não há necessidade. Isso inclui exercícios com flexão excessiva da coluna.

Lembrem-se quando queremos alongar, por exemplo, a musculatura posterior das pernas, não é necessária a flexão da coluna.

E alongar a musculatura do tronco é mais saudável em situações de descarga, ou seja, sem sobrecarga. Por exemplo, debruçar-se sobre o Ladder com os pés bem “plantados” no chão ou deitar-se no solo, aproximando as pernas flexionadas em direção ao tronco.

Autor: Silvia Gomes, educadora física especialista em Biomecânica e instrutora de Pilates. Para saber mais sobre o trabalho da autora, acesse www.silviagomes.com.br e www.pilatespaco.blogspot.com

CADASTRE-SE

PUBLICIDADE

Cursos de Pilates Brasil

2 thoughts on “Pilates: por que é tão importante manter a coluna alinhada?”

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>