Golfe e Pilates: swing perfeito para uma coluna saudável

Golfe e Pilates: swing perfeito para uma coluna saudável Golfe e Pilates: swing perfeito para uma coluna saudável  

O golfe ainda é considerado por muitos um esporte que requer pouco condicionamento físico.  Muitos jogadores amadores nem sequer aquecem antes de iniciar uma partida ou treinar o swing em um drive range. Fazem apenas alguns movimentos balísticos que  no fim das contas podem ser mais prejudiciais do que simplesmente não aquecer.

O Pilates entrou no condicionamento físico dos jogadores de golfe quando atletas como Tiger Woods, Annika Sorenstam e Camilo Villegas anunciaram os benefícios que estavam atingindo com este treinamento.

Além de aliviar dores e melhorar a capacidade de concentração, a pratica de Pilates específica para as necessidades do jogador de golfe contribui para melhorar a qualidade das tacadas, promovendo mais potência e controle da direção.

As pesquisas mostram que o golfe está em sexto lugar na lista dos esportes que mais provocam lesões. Mais de 50% dos jogadores sofrem de algum tipo de dor nas costas e a maioria encara isso como natural do esporte.

A principal razão das lesões de coluna no golfe são fraqueza muscular combinada com biomecânica errada durante o swing. O movimento do “downswing” combina torção, flexão lateral e compressão (principalmente nas vertebras L3 e L4). Tudo isso em um movimento de acúmulo de energia que dura menos de um segundo.

Um fator chave no condicionamento físico do jogador de golfe é a habilidade de rotacionar o tronco mantendo uma base estável. A flexibilidade de rotação permite que o jogador trabalhe com maior amplitude de movimento, fazendo com que o taco suba mais durante o “backswing” o que se resume em maior potencia na tacada.

Muitas vezes por causa da falta de flexibilidade, o corpo tende a fazer ajustes no movimento pra compensar esta deficiência e acaba provocando lesões nos ombros, quadril e joelhos. Por este motivo a flexibilidade de rotação de tronco com estabilização de quadril é tão importante para o golfista.

Outro fator no condicionamento físico do jogador é o fortalecimento dos músculos que formam o  “Power house” ou Centro . Estes músculos, principalemente o tranverso abdominal, formam uma faixa de proteção ao redor da coluna e evitam lesões. Os musculos do Centro ajudam a manter o equilibrio e a postura neutra da coluna o que é extremamente importante na hora do jogo para ter consistencia nas tacadas.

Lembre-se: sentir dor nas costas durante o jogo não é normal e nem deve ser ignorado. Com Pilates para golfe você pode evitar a dor e ter uma experiencia mais proveitosa no campo!

Fonte: Africa Alarcon, especialista em treinamento para golfistas - africa@golfepilates.com

CADASTRE-SE

PUBLICIDADE

Alternative text

5 thoughts on “Golfe e Pilates: swing perfeito para uma coluna saudável”

  1. Adorei esta matéria. Muito interessante! Pratico golfe e gostaria de saber mais sobre o tipo de exercícios que posso fazer.

  2. Pratiquei golfe como inciante há uns quinze anos e fazer o swing sem a devida orientação custou-me uma lesão na lombar com duas protusões e um rompimento de tendão no ombro.

    Nunca mais joguei, se eu soubesse o que sei hoje do Pilates, provavelmente nõ teria me lesionado.

    Hoje pratico pilates tres vezes por semana com excelentes resultados.

    Recomendo para todos. Para o golfe acho que tem que ser com um especialista, que conheça Pilates e o Golfe.

  3. SOU JACK CORREA PROFISSIONAL DE GOLF,,, PARABÉNS AFRICA É ISSO QUE PRECISAMOS!!!! PESSOAS PROFISSIONAIS PARA NOS AJUDAR… NA EXECUÇÃO DO MOVIMENTO MAGICO, COMO É DEFINIDO NO ESPORTE GOLF,,, PARABÉNS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!1

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>