Como o Pilates pode ajudar pacientes em recuperação de câncer de mama?

 Como o Pilates pode ajudar pacientes em recuperação de câncer de mama?

Após o cancer da mama, os indivíduos podem temer regressarem ao exercício.

O  Pilates pode proporcionar uma suave recomeço em qualquer fase da recuperação. Se o paciente consegue deitar-se de costas e respirar, ele pode começar Pilates! Um professor capacitado pode criar um programa específico para o paciente ir progredindo lentamente.

Sendo sido diagnosticado o câncer e tendo submetido-se aos tratamentos invasivos , o paciente pode sentir-se deslocado do próprio corpo. O Pilates pode amenizar esta separação mente-corpo, incentivando  o movimento consciente de cada membro, concentrando-se na qualidade do movimento e não nas repetições. Enfatizando a sensação obtida com cada movimento, ao invés da aparência, o paciente vai aos poucos restaurando a confiança em si mesmo.

Devido à redução da atividade física e efeitos da cirurgia, muitos sobreviventes do cancer da mama notam que a sua postura se deteriorou, com arredondamento da parte superior das costas e ombros caídos. Centrando-se na postura e alinhamento, o Pilates primeiro ensina o corpo como retomar a postura ereta e em seguida, através do reforço de volta aos exercícios, fornece a força necessária para que o indivíduo seja capaz de manter essa postura.

Movimentos com ombros e braços podem ser restringidos após a cirurgia da mama. Com a prática progressiva do Pilates, o paciente vai aumentando lentamente a amplitude de movimento sempre respeitando seu limite. O foco está sempre sobre a qualidade do movimento e não no ponto final.
O objetivo não é chegar de A a B. Mas sim começar e tentar chegar à B sempre pensando em como se está se sentindo.

Como com qualquer exercício, o paciente deve consultar seu  médico antes de começar as aulas. E da mesma forma, assegurar-se de que o instrutor de Pilates escolhido seja capacitado profissionalmente e tenha conhecimento sobre recuperação cirúrgica. Para casos de reabilitação, é melhor começar com aulas individuais e só depois da recuperação partir para aulas de grupo.

E lembre-se: os exercícios de Pilates não devem causar dor e um instrutor bem preparado saberá adaptar o exercício para cada corpo.

A STOTT PILATES lançou em 2008 um DVD específico para trabalho de recuperação de pacientes com cancer de mama através do método Pilates. Para maiores informações acesse: www.metalifepilates.com.br/stott_dvds.php

Fonte: www.abreastinthewest.ca

CADASTRE-SE

PUBLICIDADE

Alternative text

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>