Pilates: O método que invadiu as academias garante saúde e boa forma

Pilates: O método que invadiu as academias garante saúde e boa forma  

Se na década de 80 houve o boom da ginástica aeróbica, pode-se dizer que os anos 2000 representam a explosão do pilates. A julgar pelo número de academias e consultórios que oferecem a modalidade, esta é uma febre que tende a crescer cada vez mais. Seus seguidores costumam dizer que a técnica é uma espécie de válvula de escape contra o estresse e a pressão do dia-a-dia, já que visa à reorganização postural com aquisição da consciência do próprio corpo.

Marcos Costa, coordenador de pilates da academia Cia Athletica Rio, é um dos entusiastas da prática. “É uma ginástica inteligente, uma nova forma de olhar e movimentar o corpo através de exercícios que são fundamentados em princípios estudados para levar o homem a aproveitar o máximo de suas capacidades físicas e intelectuais. É uma massagem do corpo em movimento, uma prática que integra corpo, mente e espírito”, explica ele.

O pilates, hoje ministrado por fisioterapeutas e professores de educação física devidamente certificados, tem suas origens no início do século passado. Criado pelo alemão Joseph Pilates (1880-1967), o método foi concebido com o objetivo inicial de melhorar a sua própria condição física e ajudá-lo a superar problemas de saúde. Durante a Primeira Guerra Mundial, na qual serviu como enfermeiro, aplicou seus conhecimentos e recuperou um grande contingente de soldados. “Pilates usou os recursos disponíveis numa situação de guerra, tais como as molas das camas e tiras de couro”, acrescenta Marcos Costa.

Mudanças estéticas são notadas

O alemão criou cerca de 500 exercícios, utilizando nove aparelhos, para desenvolver o corpo uniformemente em séries de poucas repetições, que propiciam ao praticante um controle adequado sobre o corpo. Baseado em seis princípios – concentração, centralização, controle, respiração, precisão e fluidez – o pilates melhora consideravelmente a qualidade de vida. “Os exercícios fazem com que a movimentação diária se torne mais natural, aumentado a disposição e a auto-estima”, atesta Marcos, que tem na ponta da língua os vários benefícios promovidos pela técnica: “Aumenta a capacidade cardiovascular respiratória; alinha o corpo; fortalece a musculatura abdominal; aumenta a força, resistência e flexibilidade; alivia tensões e dores crônicas. Enfim, promove uma melhora por completo”, afirma.

E para quem acha que as mudanças não são visíveis a olho nu, o especialista garante que os resultados já começam a aparecer após 15 sessões individuais. “O pescoço fica mais alongado, a cintura mais afinada, parede abdominal firme e plana e pernas e braços tonificados”, diz Marcos, que indica o método a adultos e crianças a partir dos 12 anos.

Gestantes também estão liberadas, desde que freqüentem as sessões desde antes da gravidez. “O pilates ajudar a ter um parto menos traumático e acelera a recuperação. Por ser uma sessão individual, respeita os limites de cada um”, observa.

CADASTRE-SE

PUBLICIDADE

Alternative text

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>