Pilates ou Musculação?

Com o princípio de que o músculo precisa ser estimulado para se desenvolver, o treinamento contra-resistência ou de força, é um tipo de exercício em que os músculos tentam se mover contra uma resistência específica, normalmente representada por algum tipo de estruturas seja equipamento, halteres, molas, o peso corporal etc. Com esse treinamento podemos melhorar o condicionamento físico de atletas bem como melhorar também a forma física de não-atletas.

O Método Pilates é um sistema de condicionamento físico, desenvolvido no início do século 20 por Joseph Pilates, que o chamava “Contrologia” em referência à forma como o método encorajava o uso na mente para controlar o corpo. Pilates é um programa de exercícios que foca os músculos essenciais para a postura, os quais ajudam a manter o corpo equilibrado. Ele é executado em aparelhos (máquinas) onde a resistência é feita através de molas e/ou o peso corporal, e também  realizado no solo, com bolas, assessórios… Atualmente já existe a hidropilates, onde os exercícios são feitos dentro da água.

Pilates ou Musculação?
 
O método Pilates veio a tornar-se uma verdadeira compulsão da moda, sendo que, ainda atualmente, apresenta-se como um método vistoso, de reabilitação, de natureza quase esotérica e milagrosa. Pilates é muito mais do que isso. A melhor virtude do método não tem sido suficientemente aludida pelos profissionais. Trata-se precisamente da possibilidade de realização de um treino de força profundo, de natureza estática a nível abdominal e excêntrica a nível periférico, fazendo com que exista uma melhoria da estabilidade corporal sem que se verifique um necessário aumento de tensão.

As atividades em que são mantidas a realização de posturas de força estática e resistente, somadas ao alongamento global de determinadas cadeias musculares parecem possuir vantagens distintas. Só através deste tipo de atividades é possível empreender um trabalho muscular inclusivo das massas musculares profundas, grupos musculares com uma grande importância na estabilidade central do corpo e no controle postural.

Pilates é um método de condicionamento total do corpo que enfatiza o equilíbrio, concentração, controle, precisão e movimentos fluidos, os quais resultam em mais flexibilidade, força, tônus muscular, consciência corporal, energia e concentração.

Assim como a musculação também é muito mais que apenas “puxar ferro”. Quando estamos falando de um trabalho bem orientado por parte do profissional, o aluno só tem a ganhar. A utilização de pesos, tanto em fitness como em fisioterapia, é extremamente comum, mas releva de alguma ignorância por alguns profissionais. O treino de força deveria ter sempre uma componente funcional, com atenção especial ao controle motor, visando um trabalho completo do corpo humano.

Pilates ou Musculação?  

Além de deixar seu corpo bonito e harmonioso, o treinamento funcional tem como meta melhorar sua performance. Não só na academia mas nos movimentos que fazemos no dia-a-dia: levantar, sentar, subir escadas, sair do carro. Quem não quer ter um corpo resistente às lesões e menos suscetível à dor nas costas por exemplo?

Os benefícios atribuídos ao treinamento de fortalecimento muscular dependem de uma série de variáveis, incluindo intensidade, duração, e volume de exercícios necessários para alcançar os objetivos individuais.

Musculação é uma atividade que visa o desenvolvimento da força, da resistência e da tonificação muscular. Pode ser praticada como recuperação da condição física e como complemento de outras atividades/modalidades físicas/desportivas, com o apoio de máquinas e pesos livres.

Lembrando do princípio de que os músculos precisam ser desafiados para ficar firmes e fortes, antes de escolher qual o melhor exercício pra você, seja ele a Musculação ou o Pilates, tenha pelo menos duas opiniões sobre a atividade física desejada. Cuidado com aqueles profissionais, se é que podemos assim chamá-los, que dão falsas promessas e principalmente falam mal da atividade física que ele não orienta, só pra ganhar você como adepto da atividade física dele.

CADASTRE-SE

PUBLICIDADE

Cursos de Pilates Brasil

One thought on “Pilates ou Musculação?”

  1. Eu malho a cinco anos, e consegui atingir um nivel de massa muscular legal, mas com todo esse tempo dentro da academia estou um pouco cansado e quero mudar para o pilates, mas não desejo perder massa e sim definir mais o que já tenho. Esse trabalho seria possivel? ou eu perderia uma quantidade de massa significativa?

    muito obrigado

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>