A história de Pilates (1880-1967)

A história de Pilates (1880-1967)  

Da esquerda para direita: Joseph H. Pilates, Fred Pilates (irmão), Mary Pilates (sobrinha ) e Clara Pilates (esposa)

Joseph Hubertus Pilates nasceu em Mönchengladbach, uma pequena cidade perto de Dusseldorf, Alemanha. Seu nome  era originalmente pronunciado “Pilatu”, derivado do Grego, mas foi modificado para “Pilates”.

Ele foi uma criança pequena e doente, que sofria de asma, raquitismo e febre reumática. Ficava observando as outras crianças brincarem, correndo e rindo, ficando com um corpo saudável, forte e fisicamente atrativo como os de seus pais.

O pai de Joseph Pilates foi um campeão olímpico, e sua mãe uma naturóloga. “Deve haver uma maneira de vencer minhas limitações”, pensou Pilates. Quanto mais ele pensava, mais determinado ele crescia.

“Necessidade é o “pai” da invenção e não conhece limites, salvo o da superação.”

Após sobreviver a doenças a cada ano, começou a busca de sua vida na busca da superação para suas fraquezas, assim poderia ser forte e saudável como seu pai.

Uma família de médicos lhe deu um livro velho de anatomia do corpo humano, e Pilates falou: “Aprenderei cada página, cada parte do corpo humano”. “Como criança, ficarei horas no bosque escondido, vendo os animais se movimentarem, como a mãe ensina o filhote”, disse ele. Estudou tanto as formas orientais como ocidentais de exercício, incluindo Yoga.

Antes da adolescência, Pilates começou a pesquisar muitos tipos de exercícios para ajudar seu treino de fortalecimento. Ele pesquisou os livros nas bibliotecas de universidades em Düsseldorf. Na época, com 14 anos, havia desenvolvido tanto seu fisico que trabalhava de modelo para cartilhas de anatomia.

Em casa, Pilates praticava cada exercício que havia lido a respeito. Ele mantinha registros dos efeitos de cada movimento para medir seu progresso. Ele estudou Yoga, meditação Zen, e muitos outros tipos antigos de exercícios greco-romana. Estudou anatomia, na esperança de encontrar uma combinação de disciplinas para melhorar sua saúde. Tomou nota de tudo.

Acreditava fielmente no dizer Romano “Mens sana in corpore sano” (mente sã, corpo são), a filosofia que é a chave para o método Pilates.

Ele utilizou seu conhecimento para superar as limitações de seu corpo, e no final de sua adolescência já era um ótimo mergulhador, ginasta, esquiador e atleta de modo geral.

Revelando sua força e superando suas fraquezas, pensou em uma carreira que se alinhava com sua paixão.

“Devemos reconhecer as funções mentais da mente e as limitações físicas do corpo, para que a completa coordenação entre elas possa ser alcançada.”

Essa determinação de superação deu a dinâmica de início ao movimento terapêutico que ajudou milhões de pessoas a alcançar uma qualidade superior de saúde e felicidade.

Conhecido como método Pilates, a série com mais de 500 exercícios revolucionários e evolucionários é a fusão das disciplinas greco-romana antiga, com o entendimento científico ocidental e oriental baseado na anatomia fisiológica.

Esta visão pioneira e híbrida do fitness, de uma criança doente, mesclou as melhores técnicas dos dois mundos em um método de busca pelo movimento “corpo-mente”, que, atualmente, está revolucionando o jeito que o fitness é ensinado.

Fonte: PilatesBlog.com

CADASTRE-SE

PUBLICIDADE

Cursos de Pilates Brasil

4 thoughts on “A história de Pilates (1880-1967)”

  1. Essa foto foi montada!!! Joseph está de camisa e short brancos!!! Não dá para entender a intenção de quem fez isso!!! Realmente não faz nenhum sentido…

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>