Pilates pode ajudar nos casos de Parkinson

Pilates pode ajudar nos casos de Parkinson  

Os movimentos no Pilates são controlados – algumas vezes movendo o corpo somente alguns centimetros – mas estes pequenos movimentos estão fazendo uma enorme diferença para algumas pessoas com o mal de Parkinson.

Nenhuma pesquisa foi feita para comprovar que o método Pilates ajuda na redução aos sintomas de Parkinson, mas um número cada vez maior de pacientes dizem se sentir aliviados após a prática dos exercícios de Pilates.

“Estou amando, é ótimo”, diz Karen Smith de 62 anos, moradora de Portland, Óregon, nos Estados Unidos.

“Estou exercitando músculos que normalmente não seriam exercitados”.

O mal de Parkinsosn, uma doença degenerativa, inibe a pessoa de controlar os movimentos. Os sintomas mais comuns são tremores, lentidão dos movimentos, rigidez e equilíbrio prejudicado.

Fonte: MSN

CADASTRE-SE

PUBLICIDADE

Alternative text