Pilates: técnica ou filosofia de vida

Em Natal, a técnica é utilizada principalmente no tratamento de pacientes com problemas de coluna. No entanto, ele serve para o condicionamento físico dos usuários.

pilates9 
Praticante há oito meses do pilates, a psicóloga Helga Torquato, 32 anos, conhece bem os efeitos positivos deste tipo de exercícios. “O resultado é imenso. O pilates me fortaleceu em todos os sentidos”, comemorou, que procurou a atividade para condicionamento físico.

A psicóloga relata que durante muito tempo praticou basquete, dançou balé e até freqüentou academia, mas acabou faltando paciência nesta última. “

Depois da maternidade fiquei no sedentarismo por cerca de 10 anos, e encontrei no pilates a possibilidade de um melhor condicionamento físico, uma respiração mais adequada, postura e acima de tudo concentração”, disse. “Hoje, não sei mais viver sem as aulas.”

E a prática do pilates não se restringe apenas a um bom condicionamento físico. Serve para tratar pacientes com problemas de coluna, joelho, hérnia de disco, entre outros.

É o caso do advogado Ranice Ribeiro da Silva, 64 anos. Por recomendação médica, ele pratica pilates três vezes por semana e já consegue perceber os resultados. “Eu tenho muita crise de coluna. Apesar do pouco tempo fazendo as aulas, já estou sentindo os avanços”, afirmou.

O interessado na prática de pilates desembolsa em média R$ 300 por mês, para uma carga horária de quatro aulas semanais. Lycia justifica o preço informando que uma turma comporta no máximo três alunos. “Como são poucos alunos ou pacientes, eles possuem uma atenção especial”.

Apesar de ter quase 100 anos, a procura pela técnica só explodiu há pouco tempo em Natal. “Muitas pessoas que foram para Nova York, onde a técnica é bastante disseminada, trouxeram para o Brasil. E a partir daí, invadiu as academias e estúdios de Natal”.

O método tem sido utilizado com sucesso em reabilitação de complicações de joelhos, ombros, panturrilhas, em casos de acidentes automobilísticos, poliomielites, apoplexia, pós-cirurgias, pré e pós-parto, dentre outros.

Fonte: Site NOMINUTO

CADASTRE-SE

PUBLICIDADE

Alternative text

One thought on “Pilates: técnica ou filosofia de vida”

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>