O Assoalho Pélvico e o Pilates

pilates-hundred 

Você sabe onde ficam seus músculos do assoalho pélvico (MAP) e como contraí-los?

Estima-se que cerca de 35% das mulheres brasileiras entre 45 e 60 anos de idade (10 milhões de brasileiras) apresentam incontinência urinária. Entre suas causas, está a fraqueza dessa musculatura.

Como o Método Pilates e as orientações de sua fisioterapeuta podem auxiliar na prevenção e tratamento desta doença?
 
Assoalho Pélvico é um termo utilizado  para nomear os músculos que se situam na parte inferior da pelve, tanto no homem quanto na mulher.

Suas principais funções são: 
 
• Sustentação: a força da gravidade e o aumento da pressão intra-abdominal (rir, tossir, contrair,levantar) provocam pressão dos órgãos pélvicos sobre  os MAP, que contraem para manter o posicionamento desses órgãos.

• Esfincteriana: Os MAP promovem fechamento rápido da uretra e do reto para garantir a continência.

• Sexual: Os MAP possuem receptores que aumentam a sensação de prazer sexual.

Veja como funciona o assoalho pélvico: Os músculos do assoalho pélvico formam um oito (8),  sendo que o círculo de cima envolve a abertura da vagina e da uretra e o círculo de baixo envolve a abertura do ânus.  

Um assoalho pélvico saudável tem um bom tônus (firmeza) e elasticidade.

Entretanto a idade, a falta de exercícios em geral, e mesmo a gravidez e parto (seja ele vaginal ou cesariana) fazem com que estes músculos fiquem mais fracos, o que pode dar início a uma incontinência urinária e prolapsos de órgãos pélvicos. 

Pilates X Assoalho Pélvico

Na maioria das vezes, os exercícios pélvicos podem prevenir e tratar esses problemas. Como todo exercício, esses também necessitam de regularidade e progressão supervisionadas por especialista.

Pesquisas mostram que os MAP são ativados quando ativamos nossa musculatura abdominal profunda. No Método Pilates, tanto músculos abdominais quanto os MAP serão requisitados para a correta execução dos movimentos.

Para estabilizar a pelve e garantir o bom posicionamento corporal da técnica, é indispensável recrutá–los!!

CADASTRE-SE

PUBLICIDADE

Cursos de Pilates Brasil

2 thoughts on “O Assoalho Pélvico e o Pilates”

  1. Gostaria de saber sobre exercícios para recondicinamento do assoalho pévico , pois meu filho fez uma cirrurgia para correção de mégacolon e a gastroenterologis indicou a técnica de pilates, mas não xconsigo aqui em Salvador-BA uma instituição para fazeer

    sd, Anatildes

  2. Ola estou fazendo um estudo sobre assoalho pelvico para o meu projeto da faculdade e gostaria de ter mais informações de o q é para q serve e quais exercicios melhor.
    obrigada

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>